“Agora chegou a vez vou cantar. Mulher de Mangueira em primeiro lugar!

Por – Maurício Fontes |

Quem sopra velinhas hoje é a nossa Primeira Porta-Bandeira, a Squel Jorgea. Nascida no bairro do Estácio, famoso bairro do Rio se Janeiro, tem no sangue o DNA do samba, ela é neta do famoso sambista, Xangô da Mangueira.

Começou a vida no samba na Acadêmicos do Grande Rio, escola de Duque de Caxias, ela ia junto com seu pai aos ensaios da escola e passou por vários postos na escola. Até chegar a Primeira Porta-Bandeira, conquistando três vice-campeonatos.

Passou por várias escolas e em 2014 foi contratada pela Mangueira para substituir Marcella Alves, formando par com o mestre-sala Raphael Rodrigues. 

Em 2016, Squel conquistou seu primeiro título no carnaval carioca. Com a saída de Raphael Rodrigues da Mangueira, a escola subiu de posto Matheus Olivério, seu segundo mestre-sala. Matheus é filho de Xangô da Mangueira e tio de Squel e hoje juntos são o Casal Campeão da Verde e Rosa.

A Equipe do Setor 1 Um deseja a você um Feliz Aniversario e muito Sucesso.

Fotos – Arquivo Pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.