Fique Ligado!

Associação dos Passistas de Samba do Brasil – Ciro do Agogô

COD 36
0 0

Por – Léo Tenreiro e Fabio Nunes |

Ano novo, novos projetos! No primeiro dia do ano de 2021, será lançado, oficialmente, a Associação dos Passistas Brasileiros – Ciro do Agogô, que teve a idealização do Passista show Internacional, Dhu Costa, com recente passagem pela Beija Flor de Nilópolis. Dhu, convidou para participar de forma efetiva do projeto, duas grandes referências do segmento: Nilce Fran, diretora da ala de passistas da Portela e Aldione Sena, grande passista, com passagem marcante pela Unidos de Vila Isabel, além do ex presidente dos passistas do Império Serrano, Bruno Tete.

O projeto, que ainda terá auxílio e consultoria, do renomado Milton Cunha, surgiu no dia 7 de setembro de 2020, com sede na cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, situado na Rua Cataguazes 373, Oswaldo Cruz (CEP 21340-250), e não possui fins lucrativos ou econômicos. Toda a documentação, Estatuto, atas e CNPJ estão tramitando desde dezembro no cartório de Registro Civil de Pessoas jurídicas, e a data simbólica de fundação escolhida foi para o primeiro dia deste novo ano, ano da reconstrução.

Tal iniciativa se mostra muito pertinente, sobretudo voltado para um segmento, tão importante, representativo e tradicional dentro de uma escola de samba, que merece mais notoriedade e cuidado.
A seguir um trecho, do estatuto que sintetiza os objetivos da associação:

Parágrafo Único – Fazem parte do Colegiado Fundador, os seguintes Membros abaixo relacionados: Aldione Senna (Aldione da Conceição Sena), Bruno Tete (Bruno Machado Teté), Dhu Costa (Eduardo da Costa), Nilce Fran (Nilce Francisca da Silva Chaves).

Título III – DAS FINALIDADES
Art. 1º – São objetivos da Associação dos Passistas de Samba do Brasil – APASB: 
Preservar, difundir e fortalecer a arte da dança do Passista do samba (em suas Representações tradicionais e/ou modernas); 
Ser a representante dos Passistas (filiados ou não a uma Escola de Samba), junto a outras Associações, Ligas, Governo e Entidades de Classe;
Defender os direitos dos passistas enquanto artistas que representam um valor simbólico cultural do Brasil, e lutar pelo respeito e valorização desta Arte;

Promover o contínuo aperfeiçoamento do desempenho da dança do Samba, oferecendo aos Associados a atualização de informações, através de Aulas Práticas e Teóricas, para que o movimento da Dança do Samba esteja sempre em evidência pulsante; 
Ser elo de unidade em todo o Brasil e no exterior, dos Passistas.

Happy
Happy
100 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.