Imperatriz lança enredo biográfico sobre Arlindo Rodrigues

Por – Lourenço Marques |

Imperatriz lança enredo biográfico sobre Arlindo Rodrigues

Foi divulgada hoje, dia 22 de outubro, o enredo e a logo do enredo da Imperatriz Leopoldinense para o carnaval de 2021.
De volta à escola, Rosa Magalhães desenvolverá o enredo: “Meninos eu vivi… Onde canta o sabiá, onde cantam Dalva e Lamartine.“

O enredo que vinha sendo muito pedido por fãs, torcedores e simpatizantes nasce já com muita simpatia e mostra que no retorno ao Grupo Especial, a Rainha de Ramos virá com toda energia possível.

Em nota oficial em suas redes sociais, publicou a escola:

Meninos eu vivi… Onde canta o sabiá, onde cantam Dalva e Lamartine

Arlindo Rodrigues será o grande homenageado da Imperatriz Leopoldinense no próximo carnaval. O carnavalesco, que nos deixou em 1987, realizou na verde, branco e ouro da Leopoldina o seu último trabalho. O grande desfile em homenagem à cantora Dalva de Oliveira, entoava nos acordes iniciais do samba os versos: “Oh! Saudade, Hoje você é Carnaval”. E é imbuída desse sentimento que a Imperatriz se apresentará rendendo glórias para um dos maiores artistas da sua história, do carnaval carioca e um dos grandes criadores da arte brasileira.

Para a carnavalesca Rosa Magalhães, a pesquisa realizada sobre a obra de Arlindo foi uma tarefa extremamente prazerosa, já que as referências sobre o legado do artista possibilitam uma infinidade de caminhos a serem apresentados durante o desfile:

  • Arlindo, assim como Gonçalves Dias (autor de Canção do Exílio, que serviu de referência para o desfile da Imperatriz em 1982 – “Onde canta o Sabiá”), foi um representante do romantismo em sua obra; em cada carnaval um novo Brasil nos era apresentado através de suas interpretações das culturas nos nossos povos.

Esse sentimento de saudade ganha ainda mais força para o próximo carnaval, quando o nosso presidente Luiz Pacheco Drumond, depois de 45 anos à frente de nossa agremiação, não estará presente, mas deixara evidente o desejo da homenagem ao amigo carnavalesco para o próximo carnaval gresilense. O Nosso Rei de Ramos foi o grande responsável por esse encontro entre Arlindo Rodrigues e a Imperatriz no carnaval de 1980 e desse casamento logo nasceu nosso primeiro campeonato, com “O que que a Bahia tem”, e o bicampeonato com o enredo em homenagem ao Compositor Lamartine Babo, no ano seguinte.

É com muita alegria que a Imperatriz convida os foliões apaixonados pelo carnaval para essa grande ópera popular onde Arlindo Rodrigues, que em 2021 completaria 90 anos, será o grande maestro no palco no qual ele escreveu e reescreveu a história brasileira através de plumas, paetês e muito samba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.